Lula: nós vamos dizer 'vem cá, companheiro' a quem bateu panela

Em mais um evento de sua caravana pelo Rio de Janeiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pregou a conciliação do Brasil; "Aqueles que foram bater panela, aqueles que foram para as ruas apoiar o golpe, não têm mais panela para bater. Estão batendo a cabeça na parede de arrependimento. Não vamos tratá-los com indiferença. Vamos estender a mão e dizer 'vem para cá, companheiro'", afirmou Lula, acrescentando que "é sempre tempo para a gente aprender"; o petista criticou o terrorismo feito com sua possibilidade de voltar à Presidência; "Eu não preciso do mercado, eles que vão precisar do meu governo", enfatizou