Portal Novos Rumos: Notícias, Ciência, Saúde, Filosofia, Ecologia, Música, Entrevistas, Fotos, Vídeos e Mais


'A Venezuela é um país mais democrático que o Brasil', defende professor

Maduro antecipou as eleições e diz que vai comparecer à Cúpula das Américas em abril

Igor Fuser avalia que há dois interesses dos Estados Unidos em desestabilizar o país: controlar o petróleo e liquidar a soberania dos povos latino-americanos

O doutor em Ciência Política e professor de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC) Igor Fuser é direto: “Se é pra falar em democracia, a Venezuela, com todos os seus problemas econômicos, que são terríveis, é um país bem mais democrático que o Brasil”. Analisando a situação atual do país vizinho, que denunciou recentemente um plano de ataque militar para derrubar o governo de Nicolás Maduro, além de sofrer com sanções econômicas e isolamento político, o professor avalia que não há qualquer preocupação externa com a democracia no país, mas sim o desejo dos Estados Unidos de controlar o patrimônio mais precioso dos venezuelanos, o petróleo, e liquidar com sua soberania.