O Brasil mergulhou na era da boçalidade onde só se ouve e vê tropeços de patas e cagadas