Com Bolsonaro, o País está paralisado, em ponto morto. Quando faz um movimento, é para dar marcha à ré