Portal Novos Rumos




Lindbergh: Globo manipula até cobertura de carnaval


Líder do PT no Senado, Lindbergh Farias publicou em seu Facebook um texto crítico à cobertura da Rede Globo sobre o desfile da Paraíso do Tuiuti, que exibiu um enredo crítico ao golpe e ao governo Temer; enquanto os desfiles de outras seis escolas tiveram mais de um minuto de exposição no telejornal, ou quase um minuto, a Tuiuti, que fez uma crítica ao golpe e a Michel Temer, teve apenas 35 segundos; "Que a Rede Globo é inimiga da democracia brasileira, todos nós sabemos. Agora, manipular a cobertura de uma escola de samba para proteger Temer, o PSDB e as reformas que atacam o povo brasileiro, foi uma maldade nova", diz o texto, de autoria de Eden Valadares



O senador Lindbergh Farias, líder do PT no Senado, publicou em sua página no Facebook um texto crítico à cobertura da Rede Globo sobre o desfile da Paraíso do Tuiuti, que exibiu um enredo crítico ao golpe e ao governo Temer.

No texto compartilhado de Eden Valadares, há uma conta dos tempos que o Jornal Nacional gastou nesta segunda-feira 12 para falar de cada escola. De sete escolas, a Tuiuti recebeu desproporcionalmente menos tempo que as outras.

Enquanto a Império, São Clemente, Vila Isabel, Grande Rio e Mangueira tiveram mais de um minuto de exposição aos seus desfiles no telejornal, a Tuiuti teve apenas 35 segundos. Apenas a Mocidade teve um pouco menos de um minuto (53 segundos), mas nada comparado à escola que fez uma crítica social.

"Que a Rede Globo é inimiga da democracia brasileira, todos nós sabemos. Que ela usa de todas as formas para boicotar governos (Dilma), estigmatizar partidos (PT) e perseguir um líder popular (Lula), o Brasil está careca de saber. Agora, manipular a cobertura de uma escola de samba para proteger Temer, o PSDB e as reformas que atacam o povo brasileiro, foi uma maldade nova", diz o texto.

Fonte: Brasil 247


Acompanhe Portal Novos Rumos no Twitter

e no Facebook.






Comentários:



Todos os comentários são moderados, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Não serão aceitas mensagens com links externos ao site, em letras maiúsculas, que ultrapassem 1 mil caracteres, com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Não há, contudo, moderação ideológica. A ideia é promover o debate mais livre possível, dentro de um patamar mínimo de bom senso e civilidade. Obrigado.

Código da Notícia: PNR1302181