Portal Novos Rumos




CNI/Ibope: Lula segue na liderança com 33% dos votos


Ex-presidente também aparece na ponta na pesquisa espontânea, com 21%

Torcida na Vigília Lula livre, ontem (27): ex-presidente segue líder na pesquisa CNI/Ibope



Pesquisa CNI/Ibope divulgada na manhã desta quinta-feira (28) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na liderança, com 33% das intenções de voto. Em seguida aparecem Jair Bolsonaro (PSL), com 15%, e Marina Silva (Rede), com 7%.

Neste cenário, os candidatos Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) têm 4% cada um. Álvaro Dias (Podemos) tem 2%. Fernando Collor de Mello (PTC), João Goulart Filho (PPL), João Amôedo (NOVO), Levy Fidelix (PRTB), Manuela D’Ávila (PCdoB) e Flávio Rocha (PRB) aparecem com 1% de menções cada. Também foram apresentados na pesquisa etimulada os nomes de Aldo Rebelo (SD), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB), Guilherme Afif Domingos (PSD), Paulo Rabello de Castro (PSC), Rodrigo Maia (DEM) e Valéria Monteiro (PMN), mas nenhum deles alcançou 1%. Juntos, eles somam 2% das menções.

No levantamento espontâneo, o ex-presidente Lula também lidera, com 21% das intenções de voto. Bolsonaro é o segundo com 11%, Ciro e Marina aparecem com 2% e Alckmin e Amôedo têm 1%. Entre os entrevistados, 31% manifestam a intenção de votar nulo ou em branco e 28% não souberam ou não quiseram responder.

Governo Temer: desaprovação cresce

O levantamento também apurou a popularidade do governo Temer. O percentual dos que o avaliam como ruim ou péssimo subiu de 72%, em março, para 79% em junho, maior índice desde o início do governo.

Em relação à confiança em Michel Temer e à sua maneira de governar, entre março e junho de 2018 o percentual dos entrevistados que dizem confiar no presidente passou de 8% para 6% e o dos que não confiam, de 89% para 92%. O índice dos brasileiros que aprovam a maneira de governar de Temer foi de 9% para 7%, enquanto o dos que desaprovam foi de 87% para 90%.

A pesquisa foi realizada pelo Ibope Inteligência entre os dias 21 e 24 de junho, com 2000 eleitores. A margem de erro estimada é de 2 (dois) pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte: Rede Brasil Atual


Acompanhe Portal Novos Rumos no Twitter

e no Facebook.






Comentários:



Todos os comentários são moderados, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Não serão aceitas mensagens com links externos ao site, em letras maiúsculas, que ultrapassem 1 mil caracteres, com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Não há, contudo, moderação ideológica. A ideia é promover o debate mais livre possível, dentro de um patamar mínimo de bom senso e civilidade. Obrigado.

Código da Notícia: PNR2806181