A farsa do Colágeno em pó ou liquido para manter a pele firme


Durante muitos anos acreditou-se que a ingestão de colágeno era fundamental para manutenção da pele, unhas e cabelos saudáveis, com isso muitas pessoas passaram a ingerir colágeno para obter todos estes benefícios. Porém sabe-se que o colágeno tem somente 10% de proteína e isto não é suficiente para conseguir algum resultado. Ou seja, esta comprovado cientificamente que a ingestão de colágeno não passa de uma bobagem.



A história de que vegetarianos radicais sofrem com a produção de colágeno é um mito e deve ser quebrado. Nosso corpo tem a capacidade de produzir colágeno sozinho desde que seja ingerido diariamente uma boa dose dos nutrientes listados abaixo, estes sim são alimentos fundamentais para manter a pele firme, cabelos e unhas saudáveis, segue:

PROTEÍNAS, VITAMINA C, VITAMINA A, VITAMINA E, ZINCO, SELÊNIO, SILÍCIO e COBRE.

Estes sim são alimentos que transformam o corpo humano e auxiliam na boa produção de colágeno.

Nota: Para manter a produção de colágeno deve-se evitar fumo, álcool e ingestão de gordura saturada. Outro mito absurdo são os cosméticos que possuem colágeno na fórmula, o colágeno simplesmente não tem a capacidade de ser absorvido pela pele, resumindo não jogue seu dinheiro fora em cremes milagrosos e suplementos a base de restos de animais (colágeno e gelatina).

Fonte: Esporteveg


LEIA TAMBÉM


Picaretagem quântica lusitana atacando em terras d'além mar

| Leia mais


O que é – e o que não é – a Mecânica Quântica?

| Leia mais


9 Dicas para detectar fraudes na saúde

| Leia mais


Promessas de Curas Milagrosas adicione uma dose de ceticismo






Comentários:



Todos os comentários são moderados, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Não serão aceitas mensagens com links externos ao site, em letras maiúsculas, que ultrapassem 1 mil caracteres, com ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência. Não há, contudo, moderação ideológica. A ideia é promover o debate mais livre possível, dentro de um patamar mínimo de bom senso e civilidade. Obrigado.

Código da Notícia: CS1403184